Inspiração

Estou passando por um período muito tenso chamado final de semestre
, o pior momento na vida de qualquer universitário. Provas e mais provas, trabalhos e mais trabalhos, e os professores nunca estão satisfeitos com o que já passaram - por isso, jogam ainda mais coisas para nós, reles e batalhadores alunos.
Bom, mas esse nem é, de fato, o problema. Trabalhos e provas? Tudo bem, faz parte da vida de qualquer estudante. O que me complica é a minha inspiração. Sim, ela mesma, a maldita que resolve trabalhar justamente no período em que não posso usá-la se não for para fins acadêmicos! E o que acontece comigo? Milhares de idéias muito legais começam a bombardear a minha mente. Aonde quer que eu vá, uma cena já me remete a um fato que poderia ser muito bem explorado em uma das minhas histórias ou, quem sabe, em uma história nova. Para isso não é necessário muito. Todo escritor sabe que, quando a coisa surge, não avisa previamente e nem manda: "inspire-se naquilo ali!". Simplesmente acontece.
E eis o dilema desta pobre estudante com quem vos fala: a vontade de escrever tá grande. Minha mente tá sendo atacada ferozmente por várias e várias ideias geniais, uma completando a outra, algumas impulsionando novos trabalhos. Mas eis a questão: por que justamente em período de final de semestre? Acho que minha cabeça tem algo contra eu mesma. Sim, porque essas coisas nunca acontecem quando estou em um período disponível para me deleitar sobre minha imaginação. O exemplo mais claro disso chama-se Inevitável. Consegui fazer uma história inteira em três meses, utilizando todo meu tempo disponível na conturbada vida de pré-universitária para escrever uma história de 20 capítulos. Tudo bem que, um ano depois, acho que a Inevitável tá cheia de erros que pedem encarecidamente para serem corrigidos, mas o feito fica aí, né? Pôxa, não é todo estudante que está arrancando os cabelos só em pensar na palavra vestibular que consegue fazer um feito que eu fiz.
Enfim, eis o meu dilema e o dilema da minha agenda de 2007 que está me servindo como bloquinho de ideias (agora, diariamente, o My Little Pony me acompanha). Só desejo mesmo que esse período passe e eu possa, finalmente, escrever páginas e mais páginas de histórias.

Link da foto aqui.

2 comentários:

Juliana Rabelo 22 de novembro de 2010 14:19  

ah, mas que legal ter você de volta ao mundo bloguistico! :~)
te amo muito, sua coisinha fofa ;*

Sarah 22 de novembro de 2010 17:12  

Realidade de estudante eh deprimente!
Faz ateh uma escritora fikar tiste em pegar num lapis!kkkkkkkkkk
Naum eh justo quero mais de suas hitorias Kaoru!
Inspiração no papel jah!Isso eh o mais importante querida ♥

Postar um comentário

Followers

A Dama Pálida

Minha foto
Kamile Girão
Fortaleza, Ceará, Brazil
Garota, estudante de Letras, protótipo de escritora. Ama velharia, música antiga, pilhas de livros, pilhas de DVD's, desenho, bonecas, um sardentinho geek e, principalmente, escrever.
Visualizar meu perfil completo
Ocorreu um erro neste gadget
Blog contents © O Fabuloso Destino da Kami 2010. Blogger Theme by NymFont.